"I get high because the world is so low."
bruno k. skateboarder from são paulo. regular stance. 16 years old.
graffitti. urban. skate. drink. tattoos. weed.


"Tu me agradas de todas as maneiras possíveis. Tu és a guria mais linda que eu já vi na minha vida, sério.Quando tu falas comigo de manha com a voz rouca. São cada detalhes que tu tens, sabe? Que me tu ganhas. De verdade. Eu acho até seus cílios bonitos, porque quando tu estás com os olhos fechados, seu rosto fica parecendo a de um anjinho dormindo. O jeito que tu apertas a minha mão quando vê alguma coisa, parece que estamos conversando sem nem falar nada. Até o brilho no seu olhar me encanta. Eu, que nunca liguei pra estética, acabei percebendo seus mínimos detalhes. Mas francamente? Além de ter um corpo lindo, ainda sabe ser sexy sem acabar sendo vulgar. [risos] Teu jeito carinhoso de ser também, sabe? Sua insegurança, e o jeito que tu acaba confiando em mim. Tua ingenuidade. O que as pessoas veem como formas negativas, eu atribuo isso a coisas boas. Sei lá, tu és a única garota que me faz ficar sem ar de verdade, sabe? Te olhar de cima a baixo, de dar aquele suspiro longo e… Nossa."



"Amor, vem aqui um minuto..Eu diria alto pra você ouvir, e então, apareceria ao meu lado, e me diria com aquela sua voz linda.. O que foi, querido? Se agarraria ao meu braço e apoiaria o seu outro no parapeito da varanda, olhando pra mim com os olhos brilhando.NadaEu iria dizer. Só queria te ver de pertinho, aqui, comigo, na varanda da nossa casa, tomar uma taça de vinho e ficar olhando as estrelas. Lembra de quando eu te chamava de Lua? Por causa daquela música lá.. como era mesmo? Faz tempo que não escuto músicas.. ultimamente eu só tenho escutado o som da guitarra do nosso filho, ou então do piano que compramos pra Laura no natal, lembra? ela tá levando a sério, isso.. Seus olhos.. agora sim eu vejo que eles são verdes mesmo, sabia? E nós riríamos pela primeira vez na noite, juntosOlha, olha as estrelas.. Lembra quando eu te mostrei todas elas, um dia aí? Eu te mostrei a minha constelação favorita? Mas na verdade nenhuma daquelas estrelas brilham como esse seus olhos verdes.. Olha, Lua, eu te amo tanto. Te amo tanto que eu consegui te aguentar por tantos anos, em? Desde quando éramos simples adolescentes, quando morávamos longe um do outro.. Mas.. mas olha pra nós agora, eu aqui, com os dedos entrelaçados nos seus, você me olhando com esse lindo sorriso e eu falando sem parar, você olhando pra mim e.. pro céu, esse céu lindo. Estamos aqui e.. estamos aqui. Juntos, sabe? Como sempre sonhamos por muito tempo. Eu te amo, mesmo.. Te amo desde a hora em que o despertador toca e eu ouço você resmungar que quer ficar mais tempo comigo, deitados na cama, abraçadinhos.. Desde a hora que levantamos e vamos para o trabalho.. Desde a hora que eu chego em casa e vejo nossos filhos fazendo as tarefas escolares, bom, na verdade só a filha, o Pedro provavelmente estaria trancado no quarto dele jogando no vídeo-game. Como sempre, é claro.. Mas você subiria as escadas e iria chamá-lo pra jantar, algum tempo depois. Mas se surpreenderia, eu iria atrás de você e então começaria a jogar com ele, também.. Você fecharia a porta com cuidado e iria até a Laura. Iria ajudar ela em matemática e.. Eu te amo nessa hora também. Eu te amo todas as horas do mundo, sabia? Te amo da hora que eu acordo até a hora em que voltamos pra cama, você se cobre primeiro e fica ali, enrolada nas cobertas. As vezes com um livro na mão, eu te olharia nos olhos e você abaixaria o livro pra me ver e mostraria aquele seu sorriso lindo. Eu já disse que ele é lindo? É.. É tão lindo quanto essas estrelas aí no céu escuro. Já te disse que.. eu te amo? Já, né? Mas eu digo de novo, princesa. Eu te amo, e apesar de tudo o que nos separava na adolescência, agora estamos juntos, e.. olha que anel bonito no seu dedo, é nossa aliança. Eu disse que daria tudo certo, minha Lua. Eu prometi.. Agora vem, você já me ouviu falar coisas demais. Vamos pra dentro, talvez assistir um filme chato ou ficar conversando mais bobeiras na sala, aqui tá frio, vem, vem fazer qualquer coisa. Qualquer coisa com você tá bom…"



"— Por que você fica de olho na loira do 202 se você está comigo? — E cruza os braços, mostrando indignação — Que saco, garoto…
— Sei lá, a loirinha é gostosa. — risos — Eu estaria mentindo se não falasse que queria ela na minha cama por um dia — Ele provoca.
— Então porque não vai lá falar com ela?
— Porque eu já tô com quem quero na minha cama pro resto da minha vida."




"Posso fazer o que for…
Mas é em você em quem penso no final do dia."




"— Não deixa as coisas mais difíceis…
— Mas… existe algo dentro de mim que me faz querer continuar, e…
Tenta fixar sua mente em outro lugar.
Mas e se meu coração quiser fixar em você?"




"Não vai ser assim que nossa história toda vai acabar.
E nem vai acabar."




"Por que a gente simplesmente não compra uma porrada de salgadinho, café e cigarro e vai morar em um desses apartamentos bagunçados, juntos?"



"Estão todos certos, eu quero você. Quero sua pele na minha, e seu cheiro em meu casaco preferido. Necessito de seus carinhos e agrados, seus beijos intensos e safadezas aprazíveis. Quero sentir sua respiração e seu coração ofegar em meu peito. Almejo escutar sussurros seus a toda hora com declarações gentis, ou um simples eu te odeio. Quero brigar com você, bater em você, gritar em seu ouvido, e depois ser beijado inesperadamente como vingança. Ter seus braços ao redor do meu corpo, e ser desejado por você. Levar-te para o meu quarto bagunçado, onde seremos só nós dois, em meio á quatro paredes que nunca poderão contar o que transcorreu enquanto estávamos ali. Então improvisaremos o que nos der vontade… Amor, amor suave e amor selvagem. Agrados, brincadeiras, juramentos, e qualquer coisa que os dois ansiarem! Permaneceremos lá até o outro dia, ou a outra semana se você preferir. Quero-te, desejo-lhe, preciso-te, ne-ces-si-to-te. Porém, quero sobretudo seu amor, e que dure uma chama ai dentro que pede por mim todos os dias."



install theme